quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Turismo e Transporte Coletivo


O transporte coletivo faz parte da atividade turística. O ideal para o desenvolvimento turístico seria que diversas modalidades de transporte coletivo fossem interligados, tais como, o transporte aéreo, rodoviário e marítimo.

O deslocamento do turista, em muitos casos, depende do transporte coletivo. Segundo o MTur (2007), “transporte é um componente essencial  da atividade turística, que tem no deslocamento do consumidor a sua própria definição”.

Caso de Sucesso:
Segundo Fernandes, Souza e Tonon (2012), no artigo intitulado “A utilização do transporte coletivo pelo turista em Curitiba” a Rede Integrada de Transporte Público, possui linhas de transportes caracterizadas por um sistema de gestão e execução elaborado conforme estudos técnicos e científicos, baseados na demanda e nas características de cada linha, melhorando assim a mobilidade urbana. Outro fator mencionado pelos autores é o sistema de informação de linhas e horários, utilizados inclusive pelo plano de deslocamento na França, viabilizando o fluxo nas cidades.


Em cidades como Curitiba, nas quais determinados espaços do meio urbano possuem potencial de atração turística, um sistema de circulação e ciente é fundamental para incentivar o fluxo de turistas dentro da urbe, encontrando no meio de transporte coletivo uma oportunidade de contato com cotidiano da destinação visitada em um meio de deslocamento barato (FERNANDES, SOUZA E TONON, 2012).

A Linha Turismo é uma linha de ônibus especial que circula nos principais pontos turísticos de Curitiba: https://www.urbs.curitiba.pr.gov.br/transporte/linha-turismo.

Fonte:
BRASIL. MINISTÉRIO DO TURISMO. Plano nacional de turismo 2007/2010: uma viagem de inclusão. Brasília, 2007. 83p.

Fernandes, Souza e Tonon (2012): https://abet.ufjf.emnuvens.com.br/abet/article/view/2131/1991.

Nenhum comentário: