segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Mercado Municipal




                    
                                                                  São Paulo

Os mercado municipais das cidades têm inúmeros produtos que são genuínos de cada lugar, muitos prédios  são históricos e foram o primeiro centro comercial do município, onde a cidade iniciou o comércio local. 

A arquitetura destes tipos de mercados são diferenciadas, geralmente são construções antigas que contam um pouco da história e de como os moradores locais povoaram as regiões. 

Visite o mercado municipal na sua viagem e saiba um pouco mais da cultura regional.




domingo, 23 de dezembro de 2012

Guia do Passageiro - ANAC



A Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC) é uma autarquia especial vinculada à Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, suas atribuições são regular e fiscalizar as atividades de aviação civil e de infraestrutura aeronáutica e aeroportuária.

Considerando a grande demanda de voos no final do ano é importante que os passageiros tenham informações relevantes para viajar. No ano de 2009 foi lançado pela ANAC o “Guia do Passageiro - Tudo o que você precisa saber para fazer uma boa viagem”, o documento foi editado e está disponível na página oficial - http://www.anac.gov.br.

No site também é possível encontrar um espaço para avaliar as empresas aéreas o “O Espaço do Passageiro” desenvolvido para que você opine sobre a qualidade dos serviços prestados pelas companhias aéreas nacionais e estrangeiras. Participe!


Fonte:

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Turismo - Florianópolis







A cidade de Florianópolis é a capital do Estado de Santa Catarina, sua população é de 421 mil pessoas. A história de Jurerê-Mirim começou no ano de 1526 quando foi descoberta, nessa época a “Ilha” era povoada pelos os índios tupis-guaranis. O cruzamento do tupi-guarani com o europeu gerou o índio carijó, cujo significado é "o que vem do branco", essa é a origem dos índios catarinenses carijós (IBGE, 2010).

Hoje Floripa (como é chamada pelos moradores) é uma das principais cidades turísticas do Brasil, que recebeu de janeiro a março do ano de 2012  cerca de 1,5 milhões de turistas (SANTUR, 2012).

Florianópolis é uma ótima cidade para se divertir. São centenas de atividades estão disponíveis para o turista: passeios de barco, trilhas, praias, restaurantes, baladas,  esportes radicais, atividades nas dunas. Você pode começar o passeio pelo Morro da Cruz, o ponto mais alto da Ilha de Santa Catarina, com 285 metros é a melhor visão panorâmica de Floripa. A melhor época para conhecer a cidade é  final de janeiro e fevereiro.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Belém - Cidade Natal de Jesus Cristo



“E tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do Rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém.” (Mateus 2:1)

A cidade de Belém esta localizada no estado da Autoridade Nacional Palestiniana, diferente do que o senso comum imagina, o lugar onde Jesus nasceu não é em Israel desde 1993. A população da cidade é de aproximadamente de 30.000 pessoas, constituída de cristãos e muçulmanos. ¹

O segmento turismo cultural (religioso) é o mais praticado na região. Conforme o MTur,²  “O turismo Religioso configura-se pelas atividades turísticas decorrentes da busca espiritual e da prática religiosa em espaços e eventos relacionados às religiões institucionalizadas.” 

O cristianismo é a religião mais venerada em Belém, cristãos de todas as partes do mundo conhecem o local como a pequena cidade onde Jesus Cristo nasceu. A região é pequena, mas Belém manteve uma atmosfera amigável sendo anfitriã de milhares de turistas a cada ano.

No site Travel Palestine³ estão elencadas diversas atrações da cidade: Igreja da Natividade - Leite Grotto - Praça da Manjedoura - Cidade Velha - Star Street - Pastores de campo - Mosteiro de São Teodósio - Mosteiro de São Saba - Herodium - Túmulo de Raquel - Mesquita Belal de - Piscinas de Salomão - Igreja de São Jorge - Al-Khader - O Mercado Verde - A Mesquita de Omar - Património Museus - Centro Cultural - Beit Jala - Igreja de São Nicolau - Mosteiro Cremisan - Beit Sahour - Wadi Artas, entre outras.



Feliz Natal!!!
Deus Abençoe...


Fonte:
3 - http://travelpalestine.ps/destinations/bethlehem/bethlehem-attractions/

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Hotéis Premiados 2012



Travellers Choice - TripAdvisor - 2012

World Travel Awards - 2012  
Hotel Praia:

Guia Brasil 2013 - Guia Quatro Rodas
Hotel do Ano:
Hotel Sustentável:

Prêmio Viagem e Turismo - 2012/2013
Melhor Hotel:
Melhor Pousada de Praia:
Melhor Hotel Fazenda:

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Carnaval Brasil - Rio de Janeiro


O carnaval é o evento mais popular do Brasil, a origem da festa foi inspirada no carnaval europeu, principalmente do francês. O Brasil foi influenciado pelos bailes mascarados e passeios de carruagens, importados de Paris no início do século 19, no surgimento das sociedades carnavalescas.¹

 No carnaval Rio de Janeiro, acontece os tradicionais desfiles das escolas de samba todos os anos. A festa possui uma importância cultural muito significativa para o Brasil, por isso  o renomado arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer projetou a “Passarela do Samba”, no ano de 1983.

O desfile é realizado por doze escolas samba do grupo especial, em fevereiro. As escolas vencedoras foram:
  • Unidos da Tijuca - 2012; 
  • Beija-flor de Nilópolis - 2011; 
  • Unidos da Tijuca - 2010;
  • Acadêmicos do Salgueiro - 2009;
  • Beija-flor de Nilópolis - 2008.²

A escola de samba é o principal atrativo do carnaval brasileiro. Para entender como funciona o desfile a escola selecionada foi G.R.E.S. Acadêmicos do Salgueiro – Original http://www.salgueiro.com.br.³



"Explode Coração
Na maior felicidade
É lindo o meu Salgueiro
Contagiando sacudindo essa cidade" ...



  
Fonte:
1-    O Livro de Ouro do Carnaval Brasileiro - Felipe Ferreira
2-    http://pt.wikipedia.org/wiki/Liga_Independente_das_Escolas_de_Samba_do_Rio_de_Janeiro
3-    http://www.salgueiro.com.br/

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Empresas Aéreas do Brasil

A história das empresas aéreas no Brasil foi iniciada pela VARIG,  fundada no ano de 1927 em Porto Alegre-RS sob o nome Viação Aérea Rio Grandense pelo ex-piloto de combate da Segunda Guerra Mundial, o alemão Otto Ernst Meyer.¹

Atualmente, a regulação da aviação civil  é comandada pela Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC desde 1990.  A finalidade da ANAC é promover a segurança e a excelência do sistema de aviação civil, de forma a contribuir para o desenvolvimento do País e o bem-estar da sociedade brasileira.

 Empresas nacionais:

ABAETÉ Linhas Aéreas S/A - http://www.absacargo.com.br

AZUL LINHA AEREAS BRASILEIRAS S/A -  http://www.voeazul.com.br


NHT - Linhas Aéreas Ltda - http://www.voenht.com.br

OCEANAIR Linhas Aéreas S/A - www.oceanair.com.br

SETE Linhas Aéreas Ltda - http://www.voesete.com.br

TAM Linhas Aéreas S/A - http://www.tam.com.br

TOTAL Linhas Aéreas S/A - http://www.total.com.br

TRIP - LINHAS AÉREAS S/A - http://www.voetrip.com.br


Fonte:

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Segmentação - Ecoturismo


De acordo com o Ministério do turismo (MTur) “Ecoturismo é o segmento da atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista por meio da interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações”.

As atividades do ecoturismo podem ser praticadas por via terrestre, aquática e aéreas e apresentam os níveis de dificuldades: Leve, Leve Moderado, Moderado até Muito difícil. Podemos encontrar diversos tipos de Ecoturismo: Ecoturismo Científico, Ecoturismo Educativo, Ecoturismo Lúdico e Recreativo, Ecoturismo de Aventura, Ecoturismo Esportivo, Ecoturismo Étnico, Ecoturismo Naturista (PIRES, 1998 apud RODRIGUES).

O MTur pesquisou as "Características e Motivações das viagens dos turistas internacionais no Brasil". O Ecoturismo foi a maior motivação de viagem desses turistas, isso significava 12,8% do total em 2004, subindo para 19,3% em 2005,  já em 2006 foram 19,5% , chegando a 20,9% em 2007 e  finalizando 22,2% em 2008.

No ecoturismo a trilha é a principal atividade de interação entre o turista e a natureza. No entanto, outras atividades e esportes são frequentemente praticados como: a cavalgada, ciclismo, mergulho, parapente, montanhismo, entre outras.



Fonte:
1- http://www.turismo.gov.br
2 - RODRIGUES, Oyama D.  Um modelo de ecoturismo competitivo como contribuição para o desenvolvimento local  - o caso de Paraúna/GO.  
3 - ECOTURISMO - Orientações Básicas -2010 MINISTÉRIO DO TURISMO

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Turismo Virtual - Mato Grosso do Sul


O estado do Mato Grosso do Sul - MS segundo o IBGE (2010), possui 2.449.024 milhões de habitantes, com 78 municípios, dividido numa área de 357.145,532 (km²).

As principais regiões turísticas do estado MS definidas pela secretaria de turismo são: Região do Pantanal, Bonito - Serra da Bodoquena, Região da Costa Leste, Caminhos dos Ipês, Vale do Aporé, Grande Dourados, Vale das Águas, Rota Norte, 7 Caminhos da Natureza - Cone Sul, Caminhos da Fronteiras.

O principal destino de Mato Grosso do Sul é o Pantanal, reconhecido internacionalmente conforme o site oficial do governo http://www.turismo.ms.gov.br: “O Pantanal é uma das maiores planícies de sedimentação do mundo, aproximadamente 140 mil km², com 65% do seu território no Estado de Mato Grosso do Sul. O local apresenta uma fauna e flora de rara beleza e abundância, influenciado por quatro grandes biomas: Amazônia, Cerrado, Chaco e de Mata Atlântica.  O Pantanal  foi reconhecido pela UNESCO, no ano 2000, como Reserva da Biosfera, por ser uma das mais exuberantes e diversificadas reservas naturais da Terra.”




\

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Hotel Boutique


Os primeiros hotéis Boutique foram inventados na década de 1980. A concepção desse tipo de hotel é um pouco diferente da hotelaria convencional, principalmente a arquitetura, design e serviços.  A sua marca registrada é a personalização.

Os  “Boutiques”  foram projetados para atender um novo tipo de cliente, os hóspedes que frequentam este tipo de hotel são chamados de  “Ms” (movies, music, models and money), pessoas que estão ligadas a modernidade e a tecnologia.

O novo “tipo de hotel” era uma necessidade do mercado hoteleiro, o conceito veio pra revitalizar o mercado, inovando a forma de se hospedar no mundo. A ideia de vanguarda pretende oferecer alta qualidade na prestação de serviço aliada ao design de ambientes que proporcionam aos hóspedes estilo e momentos de descontração durante uma simples estadia.

Conheça alguns hotéis da categoria:



Fonte:
1-    Garland, Richard W. Hotel Boutique. Revista H. Hotelaria.
2-    http://www.hospitalitynet.org/news/4010409.search?query=lucienne+anhar+boutique+hotel

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Turismo e Meio Ambiente - Área Preservação Ambiental


O profissional do setor turístico precisa estar interessado na proteção e preservação do meio ambiente, porque para o desenvolvimento turismo existe a condição de interdependência entre atividade turística e natureza.

No Brasil estão abertos para visitação inúmeros parques que são denominados Área de Preservação Permanente - APP. Alguns deles são internacionalmente conhecidos, tais como, os Lençóis Maranhenses, Chapada dos Veadeiros, Parque Nacional de São Joaquim, Fernando de Noronha.

Conforme a LEI Nº 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012 - Art. 3° “APP é  área protegida, coberta ou não por vegetação nativa, com a função ambiental de preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica e a biodiversidade, facilitar o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo e assegurar o bem-estar das populações humanas”

A responsabilidade de preservar o meio ambiente é de todos. Nos parques nacionais APP onde ocorre a atividade turística, o mais importante é a preservação e conservação. A visitação dos turistas nas regiões precisa ser benéfica. Neste sentido, calcular o impacto ambiental dos visitantes através de uma metodologia é fundamental. Um dos métodos é a - Capacidade de carga - “o número máximo de visitantes por dia/ mês/ ano que uma área pode suportar antes que ocorram alterações no meio físico e social (Boo, 1990)”¹, essa ação pode dar continuidade da atividade turística sustentável nos parques preservados.

1 - BOO, E. Ecoturismo: potenciales y escollos. Washington, D.C: WWF/Conservation
Foundation, 1990.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Turismo Virtual - Rio Grande do Norte


O estado do Rio Grande do Norte a segundo o IBGE - 2010 possui 3.168.027 milhões de habitantes, com 167 municípios, dividido numa área de 52.811,047 (km²).

Os principais polos turísticos do estado Rio Grandes do Norte definidos pela secretaria de turismo são: Costa das Dunas, Costa Branca, Serrano, Seridó, Agreste/Trairi. Os segmentos turísticos em destaques são sol e praia, cultural  e o ecoturismo.

A cidade de Natal é a capital do estado e  tem uma localização geográfica privilegiada para o desenvolvimento do turismo, porque é o ponto das Américas mais próximo da Europa. A cidade oferece uma infraestrutura satisfatória para a atividade turística, como está descrito na página “http://turismo.natal.rn.gov.br.  

As principais atrações de Natal são: as diversas praias, a Catedral Metropolitana de Natal, Farol de Mãe Luísa, Centro Municipal de Artesanato, Centro de Turismo, Mercado da Rendinha, Fortaleza dos Reis Magos, Parque das dunas, entre outras.


Outro destino interessante do estado do Rio Grande do Norte é a Praia de Pipa. Segundo o site http://www.pipa.com.br, a praia é moradia de golfinhos e tartarugas marinhas e  pertence ao município de Tibau do Sul.

domingo, 25 de novembro de 2012

Turismo Virtual - Piauí



O estado do Piauí segundo o IBGE  (2010), possui 3.118.360 milhões de habitantes, com 224 municípios, divididos numa área de 251.576,644 (km²).

Os principais destinos turísticos do estado são: a cidade de Teresina, Paraíba, Pedro II, São Raimundo Nonato. Os segmentos turísticos em destaques: segmento sol e praia e  segmento de ecoturismo, segundo site oficial do governo.

Na cidade de São Raimundo (517 km da capital Teresina) está localizado um importante atrativo turístico do Piauí, o Parque Nacional Serra da Capivara. No local, o turista pode encontrar sítios arqueológicos e formações geológicas.



Fonte:
http://www.piaui.pi.gov.br/noticias/index/categoria/3/id/28
http://www.fumdham.org.br/parque.asp

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Crescimento da atividade turística na China


O significativo crescimento econômico da China está refletindo resultados no desenvolvimento do turismo, tanto emissivo como receptivo do país. Conforme dados da Organização Mundial do Turismo - OMT a China, em 2012, teve o melhor desempenho no crescimento da receita - Hong Kong - 17% (turista internacional).¹

No texto escrito por Moodiereport², utilizando dados da OMT, a mudança mais significativa no ranking dos dez melhores - Chegadas Internacionais - em 2010, foi à ascensão da China para a terceira posição, ultrapassando a Espanha. Ainda, em termos de receitas, a China também subiu (15%), alcançando no ranking a quarta posição.

O governo chinês por meio do China National Tourism Administration (CNTA),  tem o objetivo de planejar e coordenar o desenvolvimento da indústria do turismo; Estabelecer e organizar a implementação de estratégias de desenvolvimento de mercado; entre outros. O CNTA criou 18 instituições no exterior, em 14 países e regiões, tais como: Paris, Londres e Cingapura. Deste modo, descentralizando as negociações da atividade turística e facilitando acordos com países do mundo inteiro, deixando claro que pretende alcançar a primeira posição do Top do Turismo Mundial nos próximos anos.


Fonte:
1-http://www.travelbiznews.com/component/k2/item/1073-unwto-praises-president-obama-for-tourism-growth-in-usa
2 - http://www.moodiereport.com/document.php?c_id=6&doc_id=27760

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Turismo Virtual - Pernambuco


O estado de Pernambuco segundo o IBGE (2010), possui 8.796.448 milhões de habitantes, com 185 municípios, divididos numa área de 98.146,315 (km²).

Os destinos turísticos de Pernambuco estão ordenados em duas principais rotas conforme o site oficial do Estado, a primeira é a Rota 232 e a segunda Rota Litoral Pernambuco.

Sol e Mar é o principal  segmento turístico  de Pernambuco, na região é possível encontrar algumas das praias mais bonitas do Brasil, os lugares destaques da atividade turística são: Recife, Olinda, Porto de Galinhas e Fernando de Noronha.

A gastronomia também é especial no estado, influenciada pela cozinha portuguesa, negra e indígena. “Herdamos dos índios, o costume de comer raízes, a macaxeira e inhame, por exemplo. Dos negros, ficamos com os pratos feitos dos restos da casa grande: galinha à cabidela, carne de sol, sarapatel, buchada e feijoada”. ¹



sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Plano Nacional e Integral de Turismo - Espanha


A Espanha é um dos países mais visitados do mundo, recebe mais de 50 milhões de turistas por ano. Nesse sentido, vamos avaliar quais são as medidas planejadas para o desenvolvimento do turismo pelo Ministério do Turismo da Espanha.

O plano da Espanha é denominado "Plano Nacional e Integral de Turismo 2012/2015" quer impulsionar a competitividade das empresas dos destinos do país, renovar sua liderança global, contribuir para a geração de riqueza, emprego e bem-estar dos cidadãos.

As medidas centrais do plano são:
  • Força da marca Espanha;
  • Orientação para o cliente;
  • Ofertas e destinos;
  • Alinhamento Público-Privado;
  • Conhecimento;
  • Talento e Empreendedorismo.

Para alcançar os objetivos apresentados serão acompanhados dos seguintes instrumentos:
  • A promoção do conhecimento, empreendedorismo e formação;
  • A qualidade da oferta turística;
  • A diversificação da demanda.

O método do plano de turismo da foi estabelecido da seguinte maneira, primeiro são estabelecidos os objetivos, depois os indicadores e posteriormente as medidas são organizadas numa matriz de prioridades. O documento é finalizado com a indicação do monitoramento e controle.

Turismo Virtual - Sergipe


O estado de Sergipe segundo o IBGE  (2010), possui 2.068.017 milhões de habitantes, com 75 municípios, divididos numa área de 21.918,354 (km²).

Os destinos turísticos de Sergipe estão ordenados em cinco regiões: Litoral Norte, Rota do Sertão, Cidades Históricas, Litoral Sul, Aracaju. As manifestações culturais de dança, música e teatro dos grupos locais são os principais atrativos do estado.

Conforme o site http://www.turismosergipe.net, “Sergipe é um dos estados mais interessantes do país, um prodígio na revelação de belos pontos turísticos. O Estado possui paisagens deslumbrantes, monumentos históricos e uma explosão de cores e sons nas suas manifestações populares. Seu litoral, com belas praias de grandes faixas de areia e águas mornas, apresenta estuários e manguezais, formando um espetáculo natural e encantador.”

Uma das paisagens natural do Sergipe que mais impressiona é o Cânion do Xingó, o lugar é desenhado por paredões rochosos com 170 metros de altura, no local é possível visualizar inscrições rupestres.¹

                                       
Fonte: 

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Arquitetura e Turismo



A arquitetura faz parte da atividade turística por meio da visitação dos monumentos do patrimônio histórico-cultural. Ainda, considerando a infraestrutura turística, podemos citar grandes construções hoteleiras.

Segundo Paiva¹, “O turismo tem impulsionado transformações substantivas no espaço, não encontrando limites para a sua penetração, uma vez que interfere na escala territorial, regional e urbana, agindo também na remodelação da paisagem”

Os destinos mais visitados do mundo envolvem deslumbrantes obras de arquitetura e construções. As Pirâmides do Egito, Grécia, Dubai, França, Roma. Esses lugares possuem grandes obras arquitetônicas, que conforme LEMOS (1979), a arquitetura pode ser considerada toda e qualquer intervenção sobre o meio ambiente com intenções diversas a fim de conter uma necessidade; em outras palavras, refere-se a uma modificação do meio em que a obra está localizada. ²

A construção hoteleira no Brasil  está crescendo rapidamente nos últimos anos e os empresários precisam saber sobre o conceito da eco-arquitetura ou ‘green architecture’.

Segundo CASTELNOU (1999:60) “eco-arquitetura refere-se à modalidade arquitetônica contemporânea que designa todo projeto com preocupações ecológicas especialmente em pesquisa energética e gestão de resíduos, assim como soluções para moradias de baixo custo.”²


Fonte:
1-http://www.arquitetura.ufc.br/novo/wp-content/uploads/2011/08/O-Turismo-a-produ%C3%A7%C3%A3o-e-o-consumo-do-espa%C3%A7o-Ricardo-Paiva-II-Col%C3%B3quio-Com%C3%A9rcio-e-Cidade-S%C3%A3o-Paulo-2008.pdf
2-  http://web.unifil.br/docs/revista_eletronica/terra_cultura/36/Terra%20e%20Cultura_36-5.pdf

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional


A criação do organismo federal de proteção ao patrimônio aconteceu no final dos anos 30, elaborado por intelectuais e artistas brasileiros ligados ao movimento modernista. Era o início do despertar de uma vontade que datava do século XVII em proteger os monumentos históricos. Atualmente o Iphan é vinculado ao Ministério da Cultura.

O Iphan tem a função de fazer a fiscalização, proteção, identificação, restauração, preservação e revitalização dos monumentos, sítios e bens móveis do país.

Conforme o site oficial  http://portal.iphan.gov.br:

“O trabalho do Iphan pode ser reconhecido em cerca de 21 mil edifícios tombados, 79 centros e conjuntos urbanos, 9.930 mil sítios arqueológicos cadastrados, mais de um milhão de objetos, incluindo acervo museológico, cerca de 834.567 mil volumes bibliográficos, documentação arquivística e registros fotográficos, cinematográficos e videográficos, além do Patrimônio Mundial.”

O organismo também divulga o patrimônio artístico e cultural através da publicação da revista “Patrimônio – Revista Eletrônica do Iphan”. O projeto é uma realização do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Universidade Estadual de Campinas (Labjor/ Unicamp) e do Instituto de Patrimônio e Artístico Nacional (Iphan).



domingo, 11 de novembro de 2012

Turismo Virtual - Rio Grande do Sul



O estado do Rio Grande do Sul segundo o IBGE (2010), possui 10.693.929 milhões de habitantes, com 496 municípios, divididos numa área de 268.781,896 (km²).

As regiões turísticas do Rio Grande do Sul estão organizadas em doze localidades: Região Central, Região Costa Doce, Região Grande Porto Alegre, Região Hidrominerais, Região Litoral Norte Gaúcho Região Missões, Região Pampa Gaúcho, Região Rota das Terras, Região Serra Gaúcha, Região Vale, Região Yucumã.

O turismo do estado foi segmentado em Ecoturismo, Enoturismo, Estudos e Intercâmbio, Turismo de Aventura, Turismo e Bem-Estar, Turismo Rural, Turismo Sol e Praia.A demanda turística segundo o Relatório Estatístico da Secretaria de Turismo do Estado do RS  (2010), foi de 440 mil turistas.²

Conforme o Plano de Desenvolvimento do Turismo do RS 2012 – 2015, “no que diz respeito à estrutura para o turismo, o estado possui 1.553 hotéis e similares e 282 outros tipos de alojamento, totalizando 1.835 meios de hospedagem. Além disso, dispõe de 764 agências de viagens e 26 empresas  operadoras de turismo, de acordo com levantamento da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), referente ao ano de 2010”.¹


Fonte:

1-     http://www.turismo.rs.gov.br/uploads/1338828656Plano.pdf
2-     http://www.turismo.rs.gov.br

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Meios de hospedagem - Sistema de gestão da sustentabilidade - requisitos - ABNT NBR 15401


A norma ABNT NBR 15401 - 2006 foi realizada pelo Comitê Brasileiro de Turismo (ABNT/CB-54), os autores que elaboraram o documento eram representantes dos setores envolvidos com a atividade turística.

O objetivo final da normatização NBR 15401 é a promoção do turismo sustentável. Esta norma institui requisitos para que os meios de hospedagem consigam planejar e operar as suas atividades utilizando os princípios  do turismo sustentável.

Conforme o Guia de Implementação - Requisitos do SEBRAE e ABNT - 2012, o Sistema de Gestão da Sustentabilidade pretende contribuir pra os três pilares do turismo sustentável: o fator econômico, ambiental e social cultural.

A bibliografia para a formatação NBR 15401 está fundamentada:
ABNT NBR ISO 9000:2005 – Sistemas de gestão da qualidade – Fundamentos e vocabulário
ABNT NBR ISO 14001:2004 – Sistemas de gestão ambiental – Requisitos com orientações de uso
OHSAS 18001 – Sistemas de gestão de segurança e saúde ocupacional – Especificação

 A norma NBR 15401 possui 30 páginas.  No entanto, o Guia de Implementação é um pouco mais extenso, ele foi detalhado em 84 páginas. Para pesquisar mais sobre o assunto acesse o site Normalização para o turismo “http://www.abntcatalogo.com.br/mtur/funciona.aspx”.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Turismo Virtual - Rondônia



O estado de Rondônia segundo o IBGE (2010),  possui 1.562.409 milhões de habitantes, com 52 municípios, divididos numa área de 237.590,864 (km²).

Conforme site oficial do governo (2),  Rondônia é o segundo Estado mais jovem do Brasil. O principal segmento de turismo do estado é o ecoturismo. A região é rica em fauna e flora, encantando os visitantes que apreciam o patrimônio histórico e natural.

Os pontos turísticos mais visitados de Rondônia são o Complexo Ferroviário, o Museu de a Estrada de Ferro e as Três Marias.

Vejamos um dos atrativos turístico do estado que merece destaque no cenário do turismo cultural do país:

Estrada de Ferro Madeira Mamoré - Porto Velho
“A ferrovia foi construída entre 1907 e 1912 pela empresa americana Madeira-Mamoré Railway Company, em concessão do Governo Brasileiro, como parte da negociação diplomática oficializada pelo Tratado de Petrópolis, firmado em 1903 entre o Brasil e a Bolívia, como compensação da área anexada ao Brasil, onde atualmente é o Estado do Acre, que pertencia ao país vizinho. A EFMM serviu para garantir as atuais fronteiras brasileiras na região, e tinha como objetivo transportar a valiosa borracha produzida pela Bolívia, ultrapassando as corredeiras fatais desse trecho do Rio Madeira e seguindo até o Rio Amazonas, e de lá ao Oceano Atlântico.” ¹

Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN - Tombamento - 2006

Fonte:


quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Turismo Virtual - Tocantins


O estado de Tocantins, segundo o IBGE  (2010), possui 1.383.445 de habitantes, com 139 municípios, divididos numa área de 277.621,858 (km²).

Tocantins é o mais novo dos 26 estados do Brasil, criado em 1988. O território do Tocantins é formado por planícies e áreas suavemente onduladas, estendendo-se por imensos planaltos e chapadões.  Em termos de vegetação, o Tocantins é um dos nove estados que formam a região Amazônica. Sua vegetação de cerrado (87% do território) divide espaço, sobretudo, com a floresta de transição amazônica, conforme o site oficial do governo http://to.gov.br.

O principal destino turístico de Tocantins é o Jalapão. Segundo o http://jalapao.to.gov.br, “O Jalapão ocupa uma área de 34 mil quilômetros, envolvendo oito municípios (Lagoa do Tocantins, Novo Acordo, Lizarda, Mateiros, Novo Acordo, Ponte Alta do Tocantins, Santa Tereza do Tocantins e São Félix do Tocantins)”.

O Jalapão é um área de conservação e possui diversos atrativos : Cachoeira da Velha, Cachoeira do Formiga, Dunas, Fervedouro, Povoado Mumbuca, Prainha da Cachoeira da Velha, Rafting, Rio Novo, Serra do Espírito Santo.


quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Turismo Virtual - Paraíba


O estado da Paraíba segundo o IBGE - (2010),  possui  3.766.528 milhões de habitantes, com 223 municípios, divididos numa área de 56.469,466 (km²).

“A História da Paraíba começa antes do descobrimento do Brasil, quando o litoral do atual território do estado era povoado pelos índios tabajaras e potiguaras. A província foi fundada em 05 de agosto de 1585”, segundo o site do governo: http://www.destinoparaiba.pb.gov.br.

Os destinos turísticos da Paraíba são: Cariri, Caminho dos Engenhos, Entre Rios e Mar. Os roteiros são organizados como: Brejo, Cariri, Litoral, Sertão, Negócios, Ecoturismo e Religioso.

Na cidade de João Pessoa, a capital da Paraíba, não deixe de visitar a Casa do Artista Popular.  O lugar tem o “objetivo de reunir o que há de mais representativo do artesanato e da arte popular paraibana, no intuito de preservar atividades artesanais desde sua história, crenças e costumes presentes nesta arte”.

Fonte:


quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Turismo e Transporte Coletivo


O transporte coletivo faz parte da atividade turística. O ideal para o desenvolvimento turístico seria que diversas modalidades de transporte coletivo fossem interligados, tais como, o transporte aéreo, rodoviário e marítimo.

O deslocamento do turista, em muitos casos, depende do transporte coletivo. Segundo o MTur (2007), “transporte é um componente essencial  da atividade turística, que tem no deslocamento do consumidor a sua própria definição”.

Caso de Sucesso:
Segundo Fernandes, Souza e Tonon (2012), no artigo intitulado “A utilização do transporte coletivo pelo turista em Curitiba” a Rede Integrada de Transporte Público, possui linhas de transportes caracterizadas por um sistema de gestão e execução elaborado conforme estudos técnicos e científicos, baseados na demanda e nas características de cada linha, melhorando assim a mobilidade urbana. Outro fator mencionado pelos autores é o sistema de informação de linhas e horários, utilizados inclusive pelo plano de deslocamento na França, viabilizando o fluxo nas cidades.


Em cidades como Curitiba, nas quais determinados espaços do meio urbano possuem potencial de atração turística, um sistema de circulação e ciente é fundamental para incentivar o fluxo de turistas dentro da urbe, encontrando no meio de transporte coletivo uma oportunidade de contato com cotidiano da destinação visitada em um meio de deslocamento barato (FERNANDES, SOUZA E TONON, 2012).

A Linha Turismo é uma linha de ônibus especial que circula nos principais pontos turísticos de Curitiba: https://www.urbs.curitiba.pr.gov.br/transporte/linha-turismo.

Fonte:
BRASIL. MINISTÉRIO DO TURISMO. Plano nacional de turismo 2007/2010: uma viagem de inclusão. Brasília, 2007. 83p.

Fernandes, Souza e Tonon (2012): https://abet.ufjf.emnuvens.com.br/abet/article/view/2131/1991.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Turismo Virtual - Roraima


O estado Roraima do segundo o IBGE  (2010), possui 450.479 mil de habitantes, com 15 municípios, divididos numa área de 224.301,040 (km²).


Os destinos turísticos do estados foram organizados: Monte Roraima, Serra do Tepequém, Monte Caburaí, Rio Branco, Baixo Rio Branco, segundo o site http://www.turismo.rr.gov.br.


Conforme o site de turismo do governo “Em todas as regiões de Roraima a influência da cultura indígena está presente. O rico artesanato traz referências às lendas e tradições desses povos. De norte a sul, podem ser encontradas inscrições rupestres deixadas por povos que viveram ali há milhares de anos.”


O Monte Roraima é uma montanha, localizada no município de Pacaraima, fazendo divisa entre a Venezuela, Guiana e Brasil no extremo norte, sua altura é de 1.500 metros, sendo 2.800 de altitude.



Fonte: Viaja +

sábado, 6 de outubro de 2012

Notre-Dame de Chartres


Notre-Dame de Chartres é uma catedral que fica apenas 50 km de Paris, cidade de Chartres, conhecida como um lugar de peregrinação para os cristãos desde a Idade Média. 

Uma das catedrais mais conhecidas da França, teve sua construção iniciada em 1.145 e foi reconstruída após um incêndio de 1.194. Considerada um edifício belíssimo, onde a arte é expressa na arquitetura, vitrais e esculturas.



quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Turismo Virtual - Paraná

O estado do Paraná segundo o IBGE (2010), possui 10.444.526 milhões de habitantes, com 399 municípios, divididos numa área de 199.316,694 (km²).

Os principais segmentos turísticos do estado do Paraná são Ecoturismo, Turismo Rural, Turismo de Aventura, Turismo Histórico, Turismo Cultural, Turismo Esportivo, Turismo de Sol e Mar, Turismo Gastronômico, Turismo Religioso, Turismo de Negócios e Eventos e Turismo de Saúde.

O principal atrativo turístico do Paraná é as Cataratas do Iguaçu “Patrimônio Natural da humanidade”.

Conforme o site http://www.cataratasdoiguacu.com.br:

“O Parque Nacional do Iguazú, fundado em 1934, corresponde a uma imensa área de floresta subtropical com grandiosas quedas d´água localizado ao norte da província de Misiones. Possui enorme importância natural e riqueza ecológica e é considerado Patrimônio Mundial da Unesco desde o ano de  1984.” 

Ainda, o parque oferece atividades como: trilha do poço preto, trilha das bananeiras, macuco safari, voo de Helicóptero, raffting e arvorismo.


A gastronomia do estado do Paraná é uma mistura das influências de todos os povos. As principais pratos típico são o Barreado, Carneiro no Buraco, Castropeiro, Paçoca de Carne, Pintado na Telha, Porco no Rolete, Quirera Lapiana, Virado Lapeano, segundo site oficial do governo.

Fonte:
www.turismo.pr.gov.br
http://www.cataratasdoiguacu.com.br