quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Crítica - Política de Turismo

Oi??!!!
Por que foram elaborados os planos turísticos?



Por uma visão crítica das políticas públicas de turismo no país!!!
Enquanto isso as instâncias de governança estão sem iniciativas e sujeitas a um conselho estadual DESTE NÍVEL:
O presidente do Conselho Estadual de Turismo, Ivan Cascaes, está otimista com o projeto e pretende realizar reuniões itinerantes nas demais regiões turísticas de Santa Catarina. A intenção é mapear pontos turísticos com grande potencial para atrair visitantes para o estado. “Vislumbro nesta reunião a primeira de muitas”, destacou.

http://www.sol.sc.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2466:conselho-estadual-de-turismo-realiza-primeira-reuniao-itinerante-em-santa-catarina&catid=1:noticias-em-destaque&Itemid=177

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Compra On-Line de Produtos e Serviços Turísticos


O consumidor deve realizar com muita precaução a compra de produtos e serviços turísticos pela internet. Em alguns casos, os produtos oferecidos pelos fornecedores podem não estar de acordo com a realidade. O que o consumidor deve fazer quando esta situação ocorre?

O Código de Defesa do Consumidor - Lei nº 8.078 de 11 de Setembro de 1990 diz que:

Art. 49. O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.

Parágrafo único. Se o consumidor exercitar o direito de arrependimento previsto neste artigo, os valores eventualmente pagos, a qualquer título, durante o prazo de reflexão, serão devolvidos, de imediato, monetariamente atualizados.

Uma forma para prevenir fraudes nas compras on-line é pagamento parcial do serviço. Por exemplo, muitos estabelecimentos hoteleiros solicitam o pagamento total antes da estadia, não aceite esta condição,  apenas pague o mínimo solicitado para garantir a reserva.

O consumidor que compra pela internet pode evitar inúmeros problemas quando pratica essas medida mínima de segurança apresentadas. Visto que, a compra pela rede não oferece total confiabilidade do produto e principalmente do fornecedor. O  que pode ocorrer quando o serviço que você comprou não tem a qualidade do serviço anunciado? O cliente provavelmente terá muita dificuldade para recuperar o seu dinheiro.

Caso o problema de fraude, propaganda enganosa ou de produtos e serviços turístico executados sem qualidade, não esqueça que no Brasil o código de defesa do consumidor deve ser acionado imediatamente. Por fim, as facilidades que a internet oferece ao consumidor pode ser positiva ou negativa, depende da quantidade e qualidade da informação que o cliente possui para efetuar suas compras de maneira segura.