domingo, 6 de janeiro de 2013

Prestação de Serviços - Turismo - Brasil?


Oferecer serviços de qualidade é um dever de todo empreendimento turístico, porque o turista compra, na maioria das vezes, serviços e não produtos. A falta de capacitação e rotatividade dos trabalhadores no setor turístico são os fatores responsáveis para que o turismo nacional ainda não tenha um serviço de ótima qualidade.

A temporada de verão é a época que facilmente podemos observar como os serviços deixam a desejar em todos os aspectos da cadeia do turismo no Brasil. As dificuldades acontecem desde a compra da passagem aérea, quando os preços triplicam sem nenhuma explicação ou fiscalização do governo, até o atendimento de uma mesa de restaurante onde você pagou por um serviço de qualidade e não recebe muitas vezes sequer a cordialidade devida.

A definição de Serviço: É qualquer ato ou desempenho que uma parte pode oferecer a outra e que seja essencialmente intangível e não resulte na propriedade de nada. Sua produção pode ou não está vinculada a um produto físico. (KOTLER. 1998. p.412).¹

Os serviços estão vinculados em “oferecer” satisfação ao cliente. No entanto, a maioria das empresas não entende que o cliente é a única razão de ser quando existe a prestação de serviço. Cordialidade, presteza, informações, educação, paciência, eficiência são o mínimo que o turista deveria receber quando aluga um quarto de hotel, compra um passeio entre tantos serviços que estão inclusos no turismo.

Gostaríamos de poder falar de diferenciação, personalização de serviços, mas o país está num estágio de buscar e fazer o básico. Ofereça o que seu cliente comprou, de maneira que ele no mínimo não fale dos resultados negativos que teve na sua empresa. A sim... a qualidade... definitivamente tema para outro post!

  1 -    http://www.aedb.br/seget/artigos06/315_Qualidade%20em%20Servicos.pdf


Nenhum comentário: