quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

O transporte aéreo nacional - SNEA


O Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias – SNEA é uma entidade reconhecida pelo Ministério do Trabalho, caracterizada como órgão representativo do segmento econômico das empresas aeroviárias.

Um estudo denominado “O PERSPECTIVAS PARA O TRANSPORTE AÉREO E INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA NO BRASIL – 2010” elaborado pelo SNEA e Universidade Federal do Rio de Janeiro, diagnosticou que existem aproximadamente 400 aeroportos no Brasil e 21 empresas aéreas, que prestam serviços aéreos regulares no mercado doméstico  e  4 no mercado  internacional de passageiros.

Na pesquisa acima, foram apresentados alguns problemas que dificultam o desenvolvimento da infraestrutura aeroportuária:

• Inexistência de novas áreas de expansão dos aeroportos nas capitais;
• Esgotamento da capacidade dos principais aeroportos;
• Restrições de horários;
• Falta de aeroportos secundários; e
• Ausência de uma rede de aeroportos de médio e pequeno porte.

No Brasil, o transporte aéreo possui uma grande concentração do movimento de passageiros “quase 60% fica em quatro capitais - São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Belo Horizonte (Confins e Pampulha) e Brasília.”. Este cenário reflete diretamente na qualidade das viagens oferecidas, não satisfatória, considerando que a demanda cresceu muito rápido nos últimos anos, gerando uma estrutura ultrapassada, precisando ser revista e desenvolvida urgentemente

Leia mais:

Fonte: http://www.snea.com.br


Nenhum comentário: