quinta-feira, 5 de julho de 2012

Turismo Cultural


“Turismo Cultural compreende as atividades turísticas relacionadas à vivência do conjunto de elementos significativos do patrimônio histórico e cultural e dos eventos culturais, valorizando e promovendo os bens materiais e imateriais da cultura.” MTur (2008)¹

Temos outros segmentos para fins específicos no Turismo Cultural: Turismo Cívico, Turismo Religioso, Turismo Místico e Esotérico e Turismo Étnico e Turismo Gastronômico.

O conceito do turismo sustentável relaciona a questão cultural e a cultura popular de maneira genuína, através de experiências verdadeiras. Contrário do que descreve Canclini (1997, p.16):

A Cultura popular segundo Canclini (1997) “Do lado popular é necessário preocupar-se menos como o que se extingue do que com o que se transforma. Nunca houve tantos artesãos, nem músicos populares, nem semelhante difusão do folclore. porque seus produtos mantêm funções tradicionais ( dar trabalho aos indígenas e camponeses) e desenvolvem outras modernas: atraem turistas e consumidores urbanos que encontram bem folclóricos signos de distinção, referências personalizadas que os bens industriais não oferecem.”²

O planejamento do turismo mediante parcerias locais pode gerar resultados positivos, ações associativas fortalecem o desenvolvimento do turismo:

“São atividades culturais que podem gerar novas possibilidades de leitura e de vivência das culturas locais e regionais. Para isso, como os órgãos de cultura são os principais responsáveis pela gestão dos espaços culturais, é desejável que os órgãos de turismo passem a participar do planejamento das atividades culturais para fins turísticos, envolvendo gestores e empresários do turismo para a promoção desses espaços.”¹

Fontes:
1-    Turismo CULTURAL: Orientações Básicas
2-    CANCLINI, Néstor García. Culturas Híbridas. São Paulo: Edusp, 2006.

Nenhum comentário: