quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Balneabilidade das Praias Brasileiras



O turismo de praia é a segmentação de turismo mais praticada no Brasil. Milhares de pessoas do Brasil e de outros países viajam até o litoral brasileiro todos os anos para curtir o verão. No entanto é preciso ter cuidados e pesquisar sobre a balneabilidade das praias. Existem algumas praias ou trechos de praias que são impróprias para o banho.

A Balneabilidade é a qualidade das águas destinadas à recreação de contato primário, sendo este entendido como um contato direto e prolongado com a água (natação, mergulho, esqui-aquático, etc), onde a possibilidade de ingerir quantidades apreciáveis de água é elevada.(CETESB)¹

Alguns Estados brasileiros possuem órgãos ou institutos que administram a balneabidade das regiões. Santa Catarina é um bom exemplo, a Fundação do Meio Ambiente – FATMA oferece um relatório de balneabilidade on-line no endereço:


O turista escolhe o nome da cidade e da praia e verifica se as condições são própria ou imprópria para banho. A água é considerada:

Própria: quando em 80% ou mais de um conjunto de amostras coletadas nas últimas 5 semanas anteriores, no mesmo local, houver no  máximo 800 Escherichia coli  por 100 mililitros.

Imprópria: quando em mais de 20% de um conjunto de amostras coletadas nas últimas 5 semanas anteriores, no mesmo local, for superior que 800 Escherichia coli por 100 mililitros ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2000 Escherichia coli por 100 mililitros.


No Rio de Janeiro quem faz está pesquisa é o Instituto Estadual do Ambiente (INEA), são emitidos boletins atualizados  descrevendo as condições: Recomendada ao Banho de Mar  Não Recomendada ao Banho de Mar. ²

Obtenha informações da sua região, pequenos cuidados podem garantir a segurança da sua viagem.

Nenhum comentário: