segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

A crise econômica da Europa e o turismo internacional e nacional


Alguns países europeus foram afetados pela crise econômica, ocasionando para o setor turístico uma queda nos preços da hotelaria e alimentação. Tais destinos turísticos eram considerados de alto custo, antes da crise, países como a Itália, Espanha, Inglaterra, Grécia, Portugal, entre outros, agora se tornaram mais acessíveis. Viajar para qualquer um destes lugares atualmente ficou relativamente menos caro, para aqueles que vivem em países cuja moeda não seja o euro.

Conforme um comunicado da União Européia (2011), “A atividade turística européia enfrenta múltiplos desafios, designadamente a crise econômica mundial, uma maior concorrência de outros destinos, as conseqüências das alterações climáticas e a sazonalidade”.

No entanto, fazer turismo na Europa ficou mais barato conforme Tainah Fernandes² Além do efeito do câmbio sobre os preços – o euro se desvalorizou frente ao dólar, o estímulo ao turismo no velho continente tem atraído ainda mais os brasileiros.

O cenário é negativo para o turismo doméstico, porque alguns destinos europeus estão se igualando aos preços dos destinos nacionais. Para o turista nacional fica fácil decidir, viajar para Europa oferece mais status e agrega mais valor para o crescimento pessoal.

Analisando o turismo internacional o momento é de oportunidade para o Brasil. Apesar de muitos turistas europeus não viajarem em decorrência da crise, outros que tem a possibilidade de viajar, irão decidir por destinos mais baratos. O setor turístico precisa estar atendo a esta possibilidade, oferecendo aos turistas estrangeiros preços mais competitivos que o mercado internacional que o levem a visitar o Brasil.

A estratégia de menor preço para captar os turistas estrangeiros não é uma ação ideal, em contrapartida temos um dado interessante conforme a EMBRATUR (2005)³, mais de 96% dos turistas estrangeiros têm a intenção de voltar. Esta informação é um indicador de que o turista volte, num momento mais positivo do que a crise econômica da Europa, trazendo parentes e amigos.


1http://eurlex.europa.eu/Notice.do?mode=dbl&lang=pt&ihmlang=pt&lng1=pt,es&lng2=bg,cs,da,de,el,en,es,et,fi,fr,hu,it,lt,lv,mt,nl,pl,pt,ro,sk,sl,sv,&val=568642:cs&page=
3 - http://www.visitearacaju.com.br/interna.php?obj=turismo&var=4592

Nenhum comentário: