sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Taxas para ônibus de turistas


Algumas cidades do Brasil criaram a regulamentação e o pagamento de taxas para a circulação dos ônibus de turismo. O principal motivo da cobrança da taxa é evitar a super lotação dos destinos turísticos, que não suportam a demanda excessiva de carros e veículos pesados nos períodos de alta sazonalidade. Outro problema das cidades turísticas que lidam com o turismo de massa é o estacionamentos dos ônibus de turismo em lugares impróprios, que atrapalham o trânsito local.

Para Ruschmann (1997)¹ caracteriza o turismo de massa pelo grande volume de pessoas que viajam em grupos ou individualmente para os mesmos lugares, geralmente nas mesmas épocas do ano. Esse tipo de turismo acaba sendo considerado o grande responsável pelas  agressões dos espaços naturais, pois o excesso de turistas leva ao super-dimensionamento  dos equipamentos relacionados à superestrutura dos meios turísticos, que ocupam grandes  espaços, agridem paisagens e destroem ecossistemas. Os turistas deste tipo de turismo demonstram pouca preocupação com a preservação da natureza ou da cultura local.

Os recursos captados pelas taxas de turismo cobradas pelas secretarias de turismo poderão ser investidos na infraestrutura turística local e também podem custear as despesas causadas pelos turista, como por exemplo, a limpeza das praias.  Portanto, as taxas para ônibus é uma ação de monitoramento dos destinos gerando benefícios para atividade turística.

1 - RUSCHMANN, Doris. Turismo e planejamento sustentável. Campinas: Papirus,1997