sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Programas políticos – Alinhamento OMT e MTUR


Programas políticos - Alinhamento OMT e MTUR
Os programas da Organização Mundial do Turismo estão alinhados com o código de ética do turismo, tais diretrizes, serão comparadas nos programas do Ministério de Turismo. Na análise foi possível verificar que os programas do MTUR têm os mesmos objetivos que a OMT. Este fator é positivo para a atividade turística do Brasil, facilitando acesso a financiamentos e oferecendo credibilidade no mercado.

O estudo comparativo aconteceu no ano de 2010, foram listados os programas no site da Organização Mundial do Turismo - http://unwto.org/en e relacionados com os programas do Plano Nacional do Turismo 2007/2010.

PROGRAMAS DA OMT E PROGRAMAS DO MTUR

OMT- AJUDA AO DESENVOLVIMENTO
O Departamento de Ajuda ao Desenvolvimento é dedicado a servir as necessidades específicas dos Estados-Membros e apoiar os seus esforços para desenvolver e promover o turismo como um motor para o crescimento sócio-econômico e redução da pobreza através da criação de emprego.   
          
OMT - Melhora da Competitividade
Este programa reconhece que criar experiências e produtos de turismo contribui para os objetivos de desenvolvimento, como a redução e eliminação da pobreza. No entanto é preciso um quadro mais adequado e transparente de regulação para o desenvolvimento. Ainda é preciso ter o reconhecimento de padrões obrigatórios ou voluntários, para melhores práticas e requisitos mínimos. Assim, o desenvolvimento do turismo poderá estar ligado à realização e avaliação dos progressos em direção às metas sociais.
O programa também é concebido na perspectiva do consumidor, do lado da oferta. Ela exige, portanto, a participação de vários grupos a nível nacional e internacional, os agentes econômicos, a aplicação da lei e as forças de segurança, saúde e autoridades públicas e entidades privadas responsáveis pela definição normas.
     
MTUR - Planejamento e Gestão
Macroprograma que articula os diversos setores, públicos e privados, relacionados à atividade, no sentido de compartilhar e agilizar soluções, eliminar entraves burocráticos e facilitar a participação de todos os envolvidos no processo de crescimento do setor.

Verificamos que os programas da OMT têm o intuito geral dar suporte para o desenvolvimento do setor turístico, através integração dos atores do setor. Outro objetivo é oferecer apoio institucional, regulamentando a atividade e equilibrando o setor. O MTUR segue A linha como ator facilitador da atividade turística no Brasil. 
                                                                                                                       
OMT- DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
Promover o desenvolvimento sustentável e gestão do turismo a nível mundial nos Estados-Membros, regiões e tipos específicos de destinos envolvendo os setores públicos e privados para a geração de benefícios sociais, econômicos e culturais para as comunidades de acolhimento contribuindo com os interesses de desenvolvimento global, para assegurar o fornecimento de produtos turísticos de qualidade e evitar ou reduzir os impactos negativos sobre o ambiente natural e sócio-cultural.

Para cumprir essa missão, o programa de trabalho baseia-se no Plano de Execução acordado na Cimeira Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável (WSSD, Johannesburg, 2002), cumprindo os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, no âmbito do Código Mundial de Ética do Turismo e em colaboração com os outros organismos das Nações Unidas interessados e no âmbito das respectivas políticas internacionais e regionais e processos.

MTUR - Regionalização do Turismo
Macroprograma que define as regiões turísticas como estratégicas na organização do turismo para fins de planejamento e gestão.

Ministério do Turismo - Fomento à Iniciativa Privada
 Macroprograma que atua em duas vertentes consideradas de fundamental importância para o desenvolvimento sustentável do setor: a promoção de investimentos nacionais e internacionais e o incentivo à oferta de instrumentos de crédito e financiamento.
  
Os programas do MTUR foram agrupados e vinculados com o programa do Desenvolvimento sustentável – OMT devido aos processos ambientais envolvidos. No programa de regionalização é gerada a identidade cultural, valoriza a cultura local e fortalece os laços de auto-subsistência. Quanto ao fomento da iniciativa privada, a estruturação do turismo depende de investimentos e financiamentos que desenvolvem as regiões acarretando na melhoria dos destinos e possivelmente na geração de renda e na qualidade de vida das pessoas e regiões.

OMT -  DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO
O Departamento de Educação e Formação da Organização Mundial do Turismo, a OMC é responsável pela definição das políticas para a Educação e Formação.                                                                                                                                   

MTUR - Infraestrutura Pública e Qualificação dos Equipamentos e Serviços Turísticos
Infraestrutura Pública:Macroprograma que visa a desenvolver o turismo provendo os municípios de infra-estrutura adequada para a expansão da atividade e a melhoria dos produtos e serviços ofertados.
Qualificação dos Equipamentos e Serviços Turísticos:Macroprograma que visa a promover a qualidade dos produtos turísticos no Brasil, sistematizando o conjunto de normas e incentivando a certificação e a qualificação referente à prestação de serviços e equipamentos turísticos.

A qualificação setor de turismo é imprescindível para a sua evolução, serviços e infra-estrutura adequada são vantagens competitivas. Assim, a iniciativa da OMT de vincular sua gestão de capacitação a organização mundial do comércio é muito interessante. O MTUR poderia seguir estes princípios e fazer parcerias para qualificar os profissionais do turismo.

OMT- DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICAS E CONTA SATÉLITE DO TURISMO
A missão global da OMT Departamento de Estatísticas e Conta Satélite do Turismo (TSA) é promover o desenvolvimento dos sistemas nacionais de Estatísticas do Turismo (STS), a comparabilidade internacional das estatísticas do turismo e da análise macroeconômica do turismo.

MTUR- Informações e Estudos Turísticos
Macroprograma que visa a estruturar os destinos na ótica da oferta e da demanda, avalia impactos socioeconômicos, culturais e ambientais da atividade e auxilia na tomada de decisões, criando condições para o fortalecimento da sustentabilidade do setor.
                                                                                                                               
A conta satélite segundo a OMT serve para medir o impacto efetivo do turismo nas economias mundiais, é indispensável para que governos definam políticas e estratégias para o setor. Sendo útil para que os governos, ministérios e departamentos nacionais de turismo alcançar benefícios ou lei que aprimorem o setor. Pode ser significativo o MTUR ter políticas sobre os sistemas de informação, futuramente pode servir de apoio para coleta, análise e divulgação de informações turísticas.
           
OMT - TENDÊNCIAS DE MERCADO
A inteligência de mercado e Departamento de Promoção tem por finalidade na inteligência de mercado identificar e analisar as tendências do mercado de turismo; desenvolver o turismo previsões de curto e longo prazo; desenvolver e difundir conhecimentos sobre segmentos específicos do mercado e os mercados de geração, em especial aqueles com tendências mais rápido crescimento. Na área da promoção turística tem o objetivo de desenvolver análise comparativa entre as administrações nacionais Turismo. Definir meios e estratégias para maximizar a eficácia e o retorno das atividades de promoção turística.

MTUR - Promoção e Apoio à Comercialização
Macroprograma que objetiva fomentar o mercado interno e externo, promovendo um número maior de produtos de qualidade e fortalecendo o segmento. Além disso, visa a aumentar o
fluxo de turistas no Brasil, realizando intensa promoção nos grandes mercados emissores nacionais e internacionais.
De maneira geral os programas apresentados sobre as tendências de mercados oferecem informações para empresas e órgãos oficiais do turismo planejar suas ações de mercado, elaborar promoção e comercialização dos produtos turísticos, utilizando dados legítimos. 

OMT - RISCO E GESTÃO DE CRISES
A missão principal do risco e da Seção de Gerenciamento de Crises da OMT é ajudar os membros para avaliar e mitigar risco, através do desenvolvimento, planejamento e implementação de sistemas de gestão de crises que irá reduzir o impacto, e ajudar na recuperação de crises.                                                                                                                                Projetos e serviços que incluem o fortalecimento da rede de comunicações na sede e com os membros e do sector privado, bem como, o apoio direto aos membros a identificar e mitigar global, bem como os riscos locais relacionados com viagens e turismo, capacitação, planejamento e implementação de sistemas de gestão de crise e de emergência.

O programa risco e gestão de crises da OMT pode prevenir inúmeras situações que denigrem o turismo mundial, tais como, informar e alertar sobre desastres, imagens negativas dos destinos, alarmar possíveis crises do setor turístico.  Seria importante ter um setor igual no Brasil, principalmente devido às epidemias locais que podem acontecer periodicamente tais como desastres ambientais, enchentes.
  

CIMEIRA – 2002. https://dspace.ist.utl.pt/bitstream/2295/323097/1/CMDS.pdf
 OMT. Organização Mundial do Turismo. Disponível em < http://www.unwto.org/index.php> Acesso em 15 de janeiro de 2010.
 MINISTÉRIO DO TURISMO – MTUR. Disponível em <HTTP://WWW.turismo.gov.br.> Acesso em: 01 de janeiro de 2010.

Nenhum comentário: