sábado, 22 de outubro de 2011

Mercado Turístico - On Line - Brasil


Mercado do Turístico - On Line - Brasil



Empresas do setor turístico irão perder mercado caso não se adapte a nova realidade o “Mercado de Turismo On-Line”. Agências de viagens, hotéis entre outros serviços já estão no mercado há muito tempo, porém a concorrência vem aumentando com o novo formato de compra coletivas e a entrada no mercado, dos novos grupos que não trabalham diretamente com turismo como: Carrefour, Americanas, Saraiva entre outros.

A mudança do setor inclui também o comportamento do consumidor que está bem informado sobre preços e produtos, utiliza inclusive as redes socias para fazer sua decisão de compra.
O consumidor tanto como os empresários precisam entender que o turismo é um produto intangível ¹ “(viagens, despacho de fretes, seguros, reparos, consultoria, software  de computador, serviços de bancos de investimentos e etc.) raramente podem ser experimentados, inspecionados ou testados previamente”. Esta característica muda completamente a certeza do produto comprado “expectativa” e do produto vendido “oferecer qualidade”.
            Na Europa desde 2004 o e-commerce do mercado turístico vem se destacando, como um artigo publicado ICEP ² - o mercado europeu online para reservas de viagens atingiu segundo um estudo 17 milhões de Euros, prevendo para 2006 um faturamento de 24,9 milhões.
       O potencial dos negócios turístico cresceu no país, os empresários têm uma ótima oportunidade de entrar no mercado, prestar um serviço de qualidade e contribuir com o desenvolvimento do turismo no Brasil. Quanto ao turista, na compra on line, “Pesquisar” e se informar quanto ao produto que está comprando é a melhor sugestão para evitar “surpresas”.



2 – ICEP - www.ahp-monitor.pt/?data=download_file.obj&fid=487